Avançar para o conteúdo

PROGRAMA POCUSX Cabril 2022

Up-to-Date on POCUS

21 & 22 maio 2022 em Cabril, Montalegre

CONHEÇA O PROGRAMA CIENTÍFICO POCUSX CABRIL 2022

O programa científico do POCUS Cabril, obedece a uma lógica protocolar: uma das definições de protocolo é o conjunto de regras ou critérios cumpridos numa dada atividade, seja na execução, avaliação ou aceitação de materiais, produtos ou equipamentos; rotina”. Outra definição é o “acordo estabelecido entre entidades ou serviços” ou, do ponto de vista da Informática, um “conjunto de regras que torna possível a execução de um programa de modo eficiente e sem erros” (a partir de Infopédia, Porto Editora).

Daí que este curso vá incidir nos aspetos da prática de POCUS que, seja por acordo entre aqueles que o praticam, ou por uma necessidade de ser eficiente e praticar com o mínimo de erro possível, estão plasmados nos principais protocolos do uso da Ecografia Clínica ou à Cabeceira do Doente:

eFAST (Extended Focused Assessment with Sonography in Trauma): o famoso protocolo, criado em 1993 e validado ao longo dos anos em diversas coortes em todos os continentes, e desenhado para detetar fluido peritoneal, fluido pericárdico, pneumotórax, e/ou hemotórax, no doente vítima de trauma.

RUSH (Rapid Ultrasound for Shock and Hypotension), introduzido em 2009 por Weingart et al., e posteriormente publicado em 2009. Foi desenhado para aplicar pela maioria dos médicos de urgência e emergência, em menos de 2 minutos, para o doente em estado crítico e em choque. Desde então tem sido validado internacionalmente, com publicações em prestigiadas revistas médicas como a CHEST ou a Intensive Care Medicine.

Cardiac Arrest Sonographic Assessment (CASA), um protocolo bastante recente, mas que tem demonstrado um enorme potencial para ser integrado nos protocolos vigentes de Suporte Avançado de Vida, e que ilustra bem o quanto o protocolo deve ser visto como a solução para aumentar a eficiência e diminuir o erro, que na PCR é o de minimizar as interrupções de modo a verificar com assertividade a presença de derrame pericárdico, atividade contrátil do miocárdio ou esforço do ventrículo direito.

Quem vai falar acerca destes protocolos?

O José Mariz, que da sua paixão de POCUS aplica Ecografia na sua diversificada vida clínica, desde o Pré-Hospitalar na VMER de Braga, ao Serviço de Urgência, onde é um dos membros fundadores da sua equipa dedicada, ao seu consultório de Medicina Interna generalista, vai falar sobre os 10 mandamentos que todo o praticante de POCUS deve obedecer; mais que um protocolo, ele vai falar dos motivos de obedecer às leis da natureza (física de ultrassons!) para, na prática, falhar menos e acertar mais com a ecografia!

O Costantino vai-nos falar do protocolo eFAST, vindo de Itália, onde possui muitos anos de experiência na formação de equipas de trauma e emergência no protocolo eFAST e com trabalhos que vão além do protocolo eFAST no trauma, como a validação do uso de Ecografia clínica na deteção de fraturas em crianças.

Teremos o Yale TungChen, de Madrid, que nos falará do protocolo RUSH, com ênfase nos truques que fazem a diferença na prática em ambiente real, e vai-nos trazer a enorme experiência de um grande Hospital de Madrid, que teve um contributo muito importante no avanço do uso da Ecografia em ambiente de pandemia. O Yale é uma estrela mundial de POCUS e, como ninguém, tem usado as redes sociais para difundir o conhecimento de POCUS. Uma inspiração!

O Michael Blaivas não necessita de extensa introdução. Podemos falar que é o Pai do POCUS, ou o Godfather, e, entretanto, impressiona-nos com as suas publicações mais recentes em Inteligência Artificialportanto, o Mike não nos fala só do que há de história de POCUS, mas também do que vai acontecer no futuro! Michael Blaivas vai falar do protocolo CASA, de uma forma que vamos entender o que é a formação de um protocolo e onde a Inteligência Artificial pode ajudar. Sendo um Ubermensch em POCUS, a inspiração não podia ser maior!

O ambiente em pleno Parque Nacional do Gerês fornece a interface da natureza genuína com a presença humana, inspirando a pensar na sustentabilidade do nosso ecossistema, e achamos que esse espírito está também por trás do uso de POCUS: tornar os processo de avaliação do doente mais eficientes, assertivos, diminuindo o uso de radiação ionizante, tornando, assim, o “ecossistema médico” mais sustentável!

A ênfase na prática é o de praticar, praticar, praticar, com rácios de formador: formando de 1:4, em modelos humanos vivos normais, e o acompanhamento de formadores que utilizam POCUS na sua prática diária: além de José Mariz e Yale Tung-Chen, Nuno Carvalho (Medicina Interna do Hospital de Guimarães), Rafael Silva (Cuidados Intensivos do Hospital de Penafiel), Miguel Romano (Medicina Interna e VMER do Hospital de Viana do Castelo), Gil Sequeira (Médico “volante” por vários Serviços de Urgência do Norte), acompanharão as bancas práticas, onde o treino vai incidir na otimização da obtenção das janelas para efetuar os protocolos. Haverá muita interação e resolução de problemas em grupo, desafiando os participantes a resolver problemas baseados em casos clínicos reais. Haverá contacto com vários tipos de Ecógrafos portáteis, de última geração.

Quer seja ainda um iniciante da prática de POCUS, quer já tenha uma grande experiência prática, este curso está desenhado para que a interação potencie a partilha de conhecimentos, com a consolidação da aprendizagem que já possua, bem como a aquisição de novos conhecimentos no espírito de gaming e de aprender fazendo, ou seja, com a “mão-na-sonda”! Haverá uma simulação em ambiente natural, onde a surpresa irá desafiar os conhecimentos da aplicação de POCUS!

Um aspeto importante deste curso é o de poder fazer networking em POCUS, acedendo a redes internacionais de investigação, estágios e dicas para ajudar no desenvolvimento de programas de POCUS em diversos tipos de Serviços Hospitalares ou Pré-Hospitalares.

Pode trazer a sua família, pois teremos atividades para os seus filhos e companheira ou companheiro que não queira pegar em sondas!

José António Mariz

Costantino Caroselli

Dr. Yale Tung-Chen

Michael Blaivas 

Rafael Silva

Gil Sequeira

Nuno Carvalho

Miguel Romano

Já imaginou poder praticar POCUS em contacto com a natureza?

A necessidade e a procura por formação em ultrassonografia crescem paralelamente à expansão do uso da tecnologia do ultrassom. No entanto, a principal barreira na adoção deste “estetoscópio do futuro” é a falta de soluções formativas generalizadas e treino.

O evento POCUSX Cabril surge da necessidade de capacitar mais e mais profissionais, para que POCUS se torne prática corrente no dia-a-dia de um médico. 

E, se já se cansou de passar fins de semanas em formação, fechado numa sala e longe da família, a POCUSX preparou um momento de aquisição de competências em plena Serra do Gerês, onde haverá espaços de lazer especialmente criados para entreter os seus familiares, enquanto está a participar do evento, fazer networking e treinar POCUS.

"Onde quer que a arte da medicina seja amada, há também um amor à humanidade."

Hipócrates

Quer IR a CABRIL mas ainda está com dúvidas?

Se precisa obter mais informações sobre este evento, deixe aqui a sua mensagem.

IMPORTANTE: Ao enviar o seu endereço de email e/ou qualquer outra informação pessoal a este site, está a concordar que a informação seja recolhida, mantida, utilizada e eliminada de acordo com nossa política de privacidade.

Utilizamos cookies para garantir que tem a melhor experiência no nosso Website.